IBGE estima safra recorde de grãos no ano.


O resultado representa um novo recorde e é 6,8% maior que a safra de 2010. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta quarta que a estimativa de outubro para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas em 2011 indica uma produção de 159,7 milhões de toneladas. O resultado representa um novo recorde e é 6,8% maior que a safra de 2010, de 149,6 milhões de toneladas. Segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado hoje pelo IBGE, o montante é ainda 0,2% superior ao estimado em setembro. A área colhida em 2011 é de 48,6 milhões de hectares, um acréscimo de 4,6% na comparação com 2010. Houve aumento de 21 039 mil hectares ante a leitura anterior, de setembro, o que estatisticamente mostra estabilidade. As três principais culturas, que, somadas, representam 90,6% da produção de grãos - o arroz, o milho e a soja - respondem por 82 4% da área a ser colhida, um aumento de 1,7%, 3,5% e 3,2%, respectivamente, em relação a 2010. Quanto à produção, o arroz, o milho e a soja mostram acréscimos de 19%, 0,6% e 9,2% ante o ano passado. Safra 2012 A safra brasileira de grãos em 2012 deve ser 1,4% menor do que a safra 2011, segundo o primeiro prognóstico divulgado pelo IBGE. A produção de cereais, leguminosas e oleaginosas para 2012 foi estimada em 157,5 milhões de toneladas, ante 159,7 milhões que foram colhidos neste ano. No entanto, a área ser colhida deve somar 49,5 milhões de hectares, um incremento de 1,7% sobre a área estimada em 2011. Fonte: Site; Jornal Gazeta do Povo, (09/11/2011).



Leia também: