Chuva forte deixa situação na BR 277 crítica


Fonte: 
Post: 

Foi de repente que a chuva começou. Por volta das 9h40 o que era uma garoa fina quase invisível engrossou.

Instantaneamente o que se instalou na cidade foi o caos. Pelas ruas o volume de água era tão grande que passar com o carro era desafio.

Nos pontos de fundo de vale, situação crítica. Quem tentou passar pela rua Souza Naves Sul que dá aceso ao bairro XIV de Novembro teve que dar meia volta, o rio que cruza por baixo da ponte transbordou e o trânsito foi interrompido. Alguns se arriscavam, outros preferiam voltar, já esse carro preto aqui enguiçou depois de passar pelo aguaceiro.

Logo ao lado da ponte em uma encosta, a chegada da água nesta casa era eminente.

Neste momento a água do rio está quase tomando conta desta casa, mas não encontramos nenhum morador. Para se ter uma noção choveu tanto que o leito do rio fica mais ou menos a um 20 metros deste ponto e a água não para de subir.

Subindo um pouco mais a as águas do mesmo rio passaram com muita força ás margens da BR 277. As imagens são impressionantes.



E se na cidade a situação era crítica, nas rodovias a coisa não foi diferente, com a chuva forte a visibilidade era pouca e os veículos com faróis ligados trafegavam com lentidão. Próximo ao trevo que dá acesso a Capitão Leônidas Marques entre Cascavel e Santa Tereza a água embarreada tomou conta da BR 277. Funcionários da empresa responsável pela rodovia sinalizaram o trecho com os cones.




Leia também: