Em busca de um lugar ao sol


A vida de Paulo César da Silva, 28 anos, trabalha no congelamento do abatedouro de aves na Copacol em Cafelândia, começou a mudar desde o primeiro dia de trabalho aqui, ele que é de família humilde, mora em Mariluz, e foi criado pela avô, teve infância difícil e problemas de saúde ao nascer, complicações nas pernas que nasceram dobradas para trás, mas com a dedicação e remédios tomados corretamente superou o problema e sempre desde a infância foi um menino trabalhador, em 01 de novembro de 2013, começou a trabalhar na Copacol, e  ficou sabendo do sindicato, uma colega de trabalho falou vai no sindicato eles atendem bem, ele veio e já no primeiro atendimento se sentiu em casa, pois segundo ele a Dra Tatíara e a Elaine o atenderam muito bem e já falou que a situação de sua dentição era complicada mas que colocaria a disposição todos os serviços possíveis disponibilizados pelo sindicato, e assim Paulo começou o tratamento e já fez extrações de dentes que estavam apenas com as raízes (o que lhe causava muita dor), e agora já está em fase de conclusão com a tentativa de salvar um dente, e finalizar com as últimas extrações em dentes que infelizmente já não tem como restaurar.

Segundo Paulo sem este atendimento do sindicato ficaria difícil tratar os dentes “particular eu fui ver, iria ficar muito caro e acho que não conseguiria fazer, ,as agora estou animado e fazendo o possível pra fica com os dentes bons, só tenho que agradecer o sindicato e principalmente as dentistas que me atenderam muito bem, são educadas e falam a verdade pra gente, além de ser excelentes profissionais, se tivesse nota maior que 10 eu daria nota 1.000, estou muito feliz, e minha vida já está melhorando, pois sempre digo aos meus colegas, com Deus tudo é possível, e que Deus abençoe a cada um do sindicato, muito obrigado” do futuro Paulo César poder estudar, crescer profissionalmente e se casar e formar sua família.




Leia também: