Dirigentes da FETRACOOP convidam ministro do Trabalho para o 17Âș congresso


O presidente da Fetracoop – Federação dos Trabalhadores Celetistas em Cooperativas no Estado do Paraná (entidade filiada à UGT), Clair Spanhol  e o secretário de Finanças da entidade, Joel Martins Ribeiro, acompanhados pelo secretário nacional de Relações Institucionais da UGT, Miguel Salaberry, estiveram em audiência com o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (9/3).

Os dirigentes fizeram o convite formal para que o ministro participe do 17º Congresso Estadual dos Cooperários e Cooperárias no Estado do Paraná, organizado pela Fetracoop e pelos sindicatos filiados. O congresso será  no dia 24 de abril, na cidade de Foz do Iguaçu-PR, e terá como tema: “Cooperários e Cooperárias: a força de trabalho que transforma o agronegócio no Paraná”.

Clair Spanhol, falou ao ministro Rossetto que o evento reunirá mais de 3.500 trabalhadores e trabalhadoras celetistas nas cooperativas agrícolas, agropecuárias e agroindustriais, representando todas as regiões do estado, fazendo um balanço da empregabilidade no segmento. “O setor cooperativista, graças a Deus e a força de trabalho dos cooperários, está na contramão da economia brasileira, pois em 2015 as cooperativas cresceram 13% e neste ano a previsão é de um crescimento na ordem de 10%. Para se ter uma ideia, as cooperativas acabam contratando trabalhadores em todas as cidades vizinhas da sua sede, pois não conseguem dar conta do trabalho gerado”.

Por sua vez, o ministro Miguel Rossetto elogiou a iniciativa dos dirigentes cooperários, pois muitas pessoas, em especial aos opositores ao governo federal, somente querem divulgar dados pessimistas, “e esse é um belo exemplo de que o Brasil vai dar a volta por cima e logo todos os setores da economia voltarão a gerar empregos e renda para os cidadãos brasileiros”.

17cooperarios-03.jpg
O ministro Rossetto elogiou a iniciativa da Fetracoop e de seus dirigentes

17cooperarios-02.jpg
Miguel Salaberry, falou da organização dos trabalhadores no campo, em especial dos cooperários paranaenses

 

 

Post: EMILLY ANDRADE




Leia também: