Ação do Sindicato garante benefício na Litocargo.


As reivindicações dos mais de 50 funcionários da Litocargo (Vila São Rafael) feitas ao Sindicato deram resultado. Os companheiros tiveram mudanças no critério de fornecimento da cesta básica; a empresa apresentará, em quinze dias, proposta de Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR) de 2010 e 2011; e o mesmo prazo para implantar a Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Toda a ação na fábrica foi coordenada pelos diretores Pedro Pereira da Silva (Zóião) e Augusto Valdomiro Knupp. Zóião diz: “A partir de março, todos os trabalhadores da Litocargo terão direito à cesta básica. Antes, quem chegava atrasado ou faltava perdia direito ao benefício, apesar de pagar pela cesta. Agora, este critério não existe mais e com a vantagem de que o valor cobrado pela cesta é bem menor do que era”. Todo o movimento só teve sucesso por dois motivos, explica o diretor Knupp: “Primeiro, que os companheiros ligaram para o Sindicato e denunciaram as irregularidades. Segundo, eles se mantiveram unidos”. Como fica: A cesta básica será fornecida a partir de março, com valor muito menor do que era pago anteriormente (mínimo de R$ 2,50 e máximo de R$ 9,00) e se tiver falta ou atraso, irão receber a cesta do mesmo jeito. Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região



Leia também: